top of page
  • Foto do escritorAndrea Machado

Antonio Obá: Revoada

Doze anos após ser inaugurada Ceilândia, localizada aproximadamente a 30 km de Brasília, nasce Antonio Obá em 1983.


E do cerrado brasileiro, o artista percorre não apenas as salas de aulas de pintura para crianças como, também, o mundo levando por meio de suas obras a sua memória afetiva, questionando o comportamento humano com um trabalho que manuseia não apenas a história, mas também o universo representativo, utilizando experiências próprias.


'Antonio Obá: Revoada' tem a curadoria de Ana Maria Maia e Yuri Quevedo e acontece no edifício Pina Contemporânea, novo prédio da Pinacoteca do Estado de São Paulo, inaugurado em 04 de março deste ano.


A exposição é constituída por três pilares: a rememoração de acontecimentos históricos, a atribuição de novos significados a esses episódios e o processo educativo.


"Fundindo essas mãos, Obá ensina o procedimento da moldagem ao mesmo tempo que interpreta a presença dessas crianças no espaço; considerando a marca expressiva de cada uma. Contida nesse gesto, está a crença na dimensão coletiva das memórias e na educação como processo que garante autonomia e liberdade. Os sujeitos lembram, sabem e agem", comenta Quevedo.


A Pinacoteca informa que "o visitante da mostra terá acesso a vídeos explicativos sobre cada obra da exposição, na voz do artista, por meio de um QR Code." Mais informações acesse: https://pinacoteca.org.br/programacao/exposicoes/antonio-oba/


AM indica!




Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page