Andrea Machado

Pinceladas sobre Arte e o que mais faz girar o mundo de gente que gira o planeta.

47 anos feitos à mão

Maria Digna, é muito feio pisar nos outros, mas como é bonito pisar em você (...).
- Concessa Colasso.
Tapecaria Casa Caiada
Desenhos de Luciana Pessoa de Queiroz para a Tapecaria Casa Caiada.

Com espíritos empreendedores e inspiradas na azulejaria portuguesa, Maria Digna Pessoa de Queiroz e Edite Pessoa de Queiroz, ambas da 'high society' pernambucana, após um bate-papo, deram início à história da Tapeçaria Casa Caiada em terra tradicionalmente de bordadeiras, há 47 anos.

Chamadas de 'mulheres artísticas', por Maria Digna e Edite, as bordadeiras eram mulheres de comunidades carentes e mantinham a tradição do bordado passado de mãe para filha.

Porém, o conhecimento técnico e comercial só foram adquiridos com o passar dos anos com a cooperativa de artesãs, fundada pela Tapeçaria Casa Caiada. O intuito era agregar valor à arte de fazer com as mãos e incentivar a profissionalização deste trabalho.

No livro de visitas da marca possui o registro de Concessa Colaço que assim escreveu: "Maria Digna, é muito feio pisar nos outros, mas como é bonito pisar em você... Vamos cobrir esse chão do Brasil com seus bordados...".

Estas e outras histórias da marca, puderam ser vistas no Museu do Estado de Pernambuco durante o mês de novembro, com o tema "47 anos feitos à mão".

A exposição reuniu 25 peças produzidas recentemente e um filme apresentando a trajetória e o processo da produção, recortes de matérias em veículos nacionais e internacionais, além de registros em partici-pações no Brasil e no exterior.

Fotos: Divulgação da Tapeçaria Casa Caiada.

Bordadeiras da Tapecaria Casa Caiada
Bordadeiras da Tapecaria Casa Caiada.
Tapecaria Casa Caiada
Tapecaria Casa Caiada.
Tapecaria Casa Caiada
Tapecaria Casa Caiada.
Exposicao Tapetes Casa Caiada
Exposicao "47 anos feitos a mao", da Tapecaria Casa Caiada, no museu do estado de pernambuco, em novembro de 2012.

Marcadores: , , , , , , ,

0 Comentário(s)
Projetado e desenvolvido por: Mario Sergio Machado.