Andrea Machado

Pinceladas sobre Arte e o que mais faz girar o mundo de gente que gira o planeta.

Marlon Azambuja, na Galeria Marília Razuk

Andrea, as obras que você vê são apenas o pontapé inicial dessa série, onde convido pessoas que tenham intimidade com a escrita, produzirem textos que pensem a ideia de rua ou a cidade para, posteriormente, publicar esses textos na própria cidade, sob forma de graffiti; e após produzir um número grande dessas ações e reuní-las num livro.
- Marlon Azambuja.
Texto plotado.

Partindo da vontade de criar elementos ou situações que tivessem a capacidade de levar o observador a pensar o próprio espaço que ele habita, Marlon Azambuja, criou as obras que estão expostas na Galeria Marilia Razuk até o próximo dia 10 de setembro.

Com o título “Editora Calle”, ela apresenta pequenas imagens de intervenções feitas pelo artista, bem como, textos criados em muros ou calçadas, que posteriormente foram plotados e inseridos na parede da galeria ao lado de uma fotografia do espaço original, fazendo uma referência sobre a relação entre a mensagem escrita e a da imagem.

Apresenta, também, o trabalho “Furacão Brasileiro”, uma série de livros, cujas páginas de artistas estrangeiros foram arrancadas por Marlon, restando somente os brasileiros. O objetivo dessa atitude é de levantar questões relativas ao êxito dos artistas brasileiros no exterior.

Nascido em Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul, no ano de 1978, atualmente vive e trabalha em Madrid. Mas fiquem atentos porque seus trabalhos atravessaram o oceano e já são criados em ruas paulistanas. Faço um convite para observarem ao seu redor e quando encontrarem, peço por favor: me conta?

Serviço:
Exposição individual de Marlon Azambuja "Editora Calle".
Acontece até o dia 10 de setembro de 2011.
Local: Galeria Marília Razuk.
Rua Jerônimo da Veiga, 131, Itaim Bibi, São Paulo.

Vista da serie Furacao Brasileiro.
Vista da serie Editora Calle.

Marcadores: , , ,

0 Comentário(s)
Projetado e desenvolvido por: Mario Sergio Machado.