Andrea Machado

Pinceladas sobre Arte e o que mais faz girar o mundo de gente que gira o planeta.

As Artes e o Concreto de Affonso Reidy

A arquitetura é o jogo sábio, correto e magnífico dos volumes dispostos sob a luz.
- Le Corbusier
Imagens externas do MAM Rio
Imagens externas do MAM Rio

Vale a pena passar uma tarde no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, apreciar as linhas retas e curvas do concreto aparente de Affonso Eduardo Reidy que dialogam com o paisagismo de Burle Marx, curtir as exposições que acontecem por lá e, entre uma e outra, tomar um café no Bar do MAM. Topa? Então, programe-se:

A exposição de José Resende vai até 18 de setembro de 2011 e apresenta cinco esculturas em grande escala produzidas este ano pelo artista especialmente para o Espaço Monumental do museu. As obras são feitas em aço, com elementos de cobre, madeira, pedra e chegam a medir cinco metros de altura.

As Fotografias na Coleção de Joaquim Paiva acontece até 09 de outubro de 2011. A exposição apresenta 134 obras, de 69 artistas estrangeiros, pertencentes à coleção de Joaquim em comodato com o MAM desde 2005. A mostra marca a inclusão de 413 obras internacionais ao comodato, que já possuía aproximadamente 1090 trabalhos de artistas brasileiros, totalizando agora cerca de 1500.

Genealogias do Contemporâneo é uma exposição de longa duração e reúne grandes nomes de artistas brasileiros entre o período de 1920 até 1970. A Mostra está dividida em 4 núcleos: Brasil: visões e vertigens; Cidades partidas: conflitos e afetos; Corpos híbridos: identidades em trânsito; e Respirações geométricas. Ela coloca em evidência as questões que atravessaram o período moderno e contemporâneo, dentro de um contexto cultural em que as obras foram construídas.

Marcadores: , , , ,

0 Comentário(s)
Projetado e desenvolvido por: Mario Sergio Machado.